Autor: Revista Oeste - Politica

O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e o deputado Carlos Jordy (PSL) afirmaram nesta segunda-feira, 3, que já começaram a recolher assinaturas para uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a atuação dos institutos de pesquisas. Houve erros grosseiros, como os mais de 10 pontos porcentuais em relação ao que apontavam as pesquisas na véspera da eleição e o resultado das urnas no domingo 2, em desfavor do presidente Jair Bolsonaro (PL). A diferença foi de 5 pontos: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ficou com 48% e Bolsonaro com 43%. Também houve erros significativos para os cargos de governador e…

consulte Mais informação

No Brasil, 21% dos eleitores registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não foram às urnas no primeiro turno das eleições de 2022. Essa proporção corresponde a quase 33 milhões de habitantes. Além disso, a soma de votos brancos e nulos para a Presidência da República atingiu 5,5 milhões. Desse modo, praticamente 38 milhões de eleitores brasileiros (25% do total) ainda não escolheram um presidente. A votação realizada no domingo 2 não foi suficiente para encerrar a disputa em primeiro turno. Nenhum candidato conquistou mais de 50% dos votos válidos, condição para que não haja a segunda fase da disputa. Os…

consulte Mais informação

Depois das eleições deste domingo, 2, apenas cinco senadores dos 13 que disputavam a reeleição conseguiram se reeleger. Outros oito parlamentares saíram derrotados e deixarão o Senado Federal no próximo ano. A situação ainda permanece indefinida para os senadores que vão disputar o segundo turno para governador e aguardam o resultado do segundo turno, em 30 de outubro. Nessa situação estão sete: Jorginho Mello (PL-SC), Rogério Carvalho (PT-SE), Marcos Rogério (PL-RO), Eduardo Braga (MDB-AM) e Rodrigo Cunha (União-AL). Os mandatos de todos eles vão até 2027, por isso, caso não sejam eleitos, eles podem voltar à Casa. Já os parlamentares…

consulte Mais informação

Números do Ministério das Relações Exteriores mostram que 697.084 brasileiros estão aptos a votar na eleição do próximo domingo, 2. Para quem vive fora do país, só é possível participar do pleito para presidente da República. Segundo a Agência Senado, o número de eleitores registrados fora do país é 39% maior que o verificado nas eleições de 2018. Neste ano, os brasileiros vão participar da escolha do presidente em embaixadas, consulados e repartições diplomáticas brasileiras espalhadas por 159 cidades de 97 países. Atendendo a um pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Ministério das Relações Exteriores abriu locais de votação…

consulte Mais informação

Por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 70 planos de saúde terão a venda interrompida a partir desta sexta-feira, 30. A medida é uma resposta a aproximadamente 38 mil reclamações relacionadas a coberturas assistenciais registradas na agência no segundo semestre deste ano. A Amil responde por 45 dos 70 contratos com a comercialização suspensa pela reguladora. Os 25 restantes pertencem a outras 12 operadoras. No total, 1,6 milhão de beneficiários ficam protegidos com a medida, que impede a empresa de incluir novos usuários até que demonstre melhora no atendimento, com redução de reclamações assistenciais. O atendimento aos clientes…

consulte Mais informação

O aplicativo e-Título, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pode ser baixado ou atualizado até sábado 1º. No domingo 2, data do primeiro turno das eleições 2022, o app estará disponível somente para exibição do documento virtual. O aplicativo pode ser baixado gratuitamente nos celulares Android e iPhone. Ele substitui o documento impresso com foto para quem cadastrou a biometria no TSE. Na segunda-feira 3, os eleitores poderão voltar a utilizar o e-Título normalmente. Em caso de segundo turno, marcado para 30 de outubro, a regra será a mesma: será possível apenas instalar ou atualizar o e-Título até 29 de outubro.…

consulte Mais informação

Foi em 15 de novembro de 1899 que o Brasil conheceu a República, baseada em um sistema político responsável por derrubar os quase 70 anos de monarquia. Do latim res publica (“coisa pública”, em tradução livre), a República deveria respeitar determinadas condições fundamentais para ser consagrada como tal. Segundo Marco Túlio Cícero (106-43 a.C.), importante figura da antiga política romana, esse sistema político teria de corresponder a uma pluralidade de pessoas no poder e a um protagonismo do povo dentro do governo. Mas não foi isso que aconteceu por aqui. No Brasil, a atual forma de governo é vista por alguns…

consulte Mais informação

Portugal anunciou que vai reforçar o policiamento nas seções eleitorais montadas em Lisboa, no Porto e em Faro no próximo domingo, 2. Mais de 80 mil brasileiros estão aptos a ir às urnas no país, o dobro do número registrado há quatro anos. Além do efetivo, não revelado, da Polícia de Segurança Pública (PSP) — cujas autoridades já se reuniram por duas vezes com o Consulado Brasileiro em Lisboa, responsável por centralizar a organização das eleições —, até um pequeno número de seguranças privados já foi contratado pelo Itamaraty. “Podemos aumentar o número, se for necessário”, afirmou o cônsul-geral do…

consulte Mais informação

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou no ciclo atual uma proposta do deputado estadual Heni Ozi Cukier (Podemos) que obriga o governo do Estado a ter uma política sobre drogas em prática. A ideia, ainda não implementada totalmente, é que existam diretrizes claras, cooperação com esforços municipais e federais e criação de uma espécie de fundo para o tema.  O parlamentar é um especialista sobre o assunto, acumulando conhecimento em visitas técnicas a cidades da Europa e da América do Norte que enfrentam dilemas semelhantes. A peregrinação serviu de base para o documentário Cracolândia, que tem Cukier como roteirista…

consulte Mais informação